faceralis

 

ANUARIO123

pedrohyu1Pedro Almeida e Hugo Magalhães terminaram o Rali Vidreiro na sétima posição da geral, numa prova em que a equipa conduziu o Hyundai i20 R5, num regresso da dupla à categoria. O resultado acabou por ser satisfatório, num rali que diz Pedro Almeida foi muito difícil.

«Sabíamos que a adaptação seria fundamental para o nosso desempenho e na verdade não foi fácil. O Hyundai é 'diferente' dos R5 que conduzimos antes, não nos sentimos com total confiança, nem sempre levamos o carro por onde queríamos e isso acabou por se refletir no andamento». Apesar destas dificuldades Pedro Almeida saiu da Marinha Grande com notas positivas no regresso à condução nesta categoria.

«Terminamos o rali, que era pronto prévio para nós, e fomos evoluindo, melhorando registos nas segundas passagens e na nossa adaptação ao carro. Obviamente não tiramos o máximo do potencial do Hyundai, mas vamos fazer mais quilómetros no carro, tentar melhorar a adaptação e ser objetivamente melhores».
Este foi provavelmente o último Rali da época para Pedro Almeida e Hugo Magalhães.

«Vamos analisar o que resta do calendário mas provavelmente só voltaremos na próxima temporada, começando já a delinear uma estratégia que nos permita pensar no desafio que queremos fazer em 2022» rematou o piloto.

Não lhe é permitido comentar.