faceralis

 

usados

CPR

paulocaA quarta prova do Campeonato Portugal RGT de Ralis vai decorrer no próximo fim-de-semana na zona da Marinha Grande e São Pedro de Moel. O piloto Paulo Carvalheiro da Paulcar Competição, vai estar à partida da prova com o seu habitual Porsche 911 Gt3 Cup (997) continuando a ser acompanhado pelo irmão Dércio Carvalheiro.

Para esta prova o Porsche foi sujeito à habitual revisão, sendo que desta vez foi um pouco mais profunda, depois da saída de estrada no rali anterior, que mesmo sem danos, levou a equipa com todo o seu profissionalismo a não deixar nada ao acaso. O carro já se encontra praticamente pronto para a prova, sendo que será alvo de um teste para que nada falhe.

O piloto confidenciou que "esta é a nossa prova, é o rali que se realiza mais próximo de casa, e onde está sediada a nossa equipa e empresa, por isso tudo está a ser preparado, para conseguirmos a melhor classificação possível no final do rali".

Para esta prova a equipa Paulcar Competição para além da dupla Paulo Carvalheiro e Dércio Carvalheiro, surge reforçada com um segundo Porsche conduzido pelo Ex.Campeão Nacional Miguel Campos acompanhado por Rui Raimundo.

Paulo Carvalheiro agradece a todos, referindo que "é sempre com prazer que volto a guiar o Porsche, e agradeço desde já a todos os patrocinadores e parceiros que nos ajudam, nomeadamente por este rali, que se realizar bem próximo de onde são originários os nossos patrocinadores".

pnetovid20Paulo Neto / Vitor Hugo voltam a marcar presença no Campeonato de Portugal de Ralis ao volante do Skoda Fabia R5, para disputar o Rali Vidreiro, com o objetivo de dar continuidade à boa prestação obtida no Rali Vinho Madeira.

O 6º lugar obtido no Rali Vinho Madeira, permitem a Paulo Neto / Vitor Hugo encarar a próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralis, o Rali Vidreiro, que estará na estrada dias 9 e 10 de outubro, com grande otimismo e esperançados em obter de novo um bom resultado neste evento, que será disputado nos famosos troços de asfalto do Pinhal de Leiria.

"Realmente o resultado da Madeira foi fantástico, mas ainda melhor foi a forma como o rali nos correu. Os dois dias de competição permitiram-nos ganhar muita experiência ao volante do Skoda e evoluir muito a nossa condução ao longo de toda a prova, pelo que temos uma grande vontade de voltar a conduzir o Skoda e comprovar essa evolução", afirma Paulo Neto, dizendo que "o Rali Vidreiro é uma prova que conhecemos bem, mas que iremos enfrentar pela primeira vez ao volante de um carro tão competitivo como o Skoda. Por isso, o foco será o mesmo, isto é, continuar a evoluir na condução deste carro, num rali que será excelente para perceber essa evolução, já que terá três troços que serão disputados em três rondas".

Do ponto de vista desportivo, Paulo Neto argumenta que "depois do 6º lugar que obtivemos no Rali Vinho Madeira o nosso objetivo passa a ser fazer um pouco melhor, mas não estamos obcecados por isso. Reforço que o mais importante é evoluir a condução do Skoda e fazer um rali que nos deixe, pelo menos, tão satisfeitos como saímos da prova anterior, pois isso significa que voltamos a ser um pouco mais competitivos".

A Paulo Neto Sport conta com os parceiros: Weber, Baxi, Dominó, Listor, Italbox, Quantinfor, AVF, Total, Vitarte, Peçintra e Cision.

pedroantunesvDepois de ter entrado com o pé direito na Peugeot Rally Cup Iberica, vencendo o Rally do Alto Tâmega, Pedro Antunes procura no próximo fim-de-semana reforçar a liderança da competição ibérica, com novo resultado positivo, desta feita no Rali Vidreiro Centro de Portugal, quinta ronda do Campeonato de Portugal de Ralis.

Ao volante de um Peugeot 208 Rally 4, assistido pela PT Racing, Pedro Antunes que volta a ser navegado por Pedro Alves, mostra-se confiante para a prova disputada na região da Marinha Grande: "Esta é a nossa quarta prova da temporada, a segunda a contar para o principal objetivo da temporada, a conquista da Copa Peugeot. Sabemos que estamos incluídos num lote de jovens pilotos, muito competentes e aguerridos, e que para manter a liderança teremos de rodar a um ritmo muito elevado. Esperemos que a nossa experiência nesta prova nos permita alguma vantagem sobre os adversários diretos", começou por explicar o atual líder da Peugeot Rally Cup Iberica, com 26,67 pontos, antes de garantir que tudo fará "para reforçar a liderança da competição, retribuindo desta forma o apoio e confiança demonstrado pelos patrocinadores e parceiros deste projeto desportivo."

vidreirologo2020A quinta ronda do Campeonato Portugal de Ralis, o Rallye Vidreiro Centro de Portugal – Marinha Grande, vai para estrada nos próximos dias 9 e 10 de Outubro. Contudo, este ano, numa ação a pensar nos adeptos, a prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande contará com uma transmissão online que permitirá aos amantes dos ralis, estar mais perto da ação...à distância de um click.

A prova organizada pelo CAMG, com os apoios da Câmara Municipal da Marinha Grande e da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, contará com mais de 280km de extensão total, dos quais cerca de 100km são cronometrados. A primeira contagem decrescente do cronómetro ocorrerá pelas 9h00 do dia 10 de Outubro, sábado, e são nove as especiais preparadas pela organização. Porém, logo na sexta-feira, dia 9 de Outubro, pilotos e máquinas enfrentam um derradeiro teste, participando no Shakedown e Qualifying Stage que se disputam na Mata Nacional entre a 'Capital do Vidro' e São Pedro de Moel, a partir das 13h00.

O Parque de Assistência do evento ficará localizado junto ao Estádio Municipal da Marinha Grande, onde são esperados cerca de 100 pilotos e respetivos carros de rali, a quem se junta toda a caravana do Campeonato Nacional. "Montámos um rali que vai de encontro às discussões mantidas durante a pandemia com pilotos, equipas e federação. Não temos dúvidas que este é um rali do agrado dos pilotos, realizado num só dia, o que reduz significativamente os custos para quem não participa no Shakedown e Qualifying Stage", começou por dizer Nuno Jorge, presidente do Clube Automóvel da Marinha Grande.

Para além da parte competitiva, sempre desafiante, a organização investiu fortemente num 'Live Stream', da responsabilidade da Movielight, empresa detentora dos direitos de imagem do Campeonato de Portugal de Ralis. A emissão estará em direto durante 12 horas a partir da Marinha Grande, com ligações aos troços e entrevistas a partir do estúdio e Parque de Assistência, com apresentação a cargo de Diana Pereira e Gonçalo Gomes. "Montar um rali em tempo de pandemia criou-nos naturais dificuldades, mas nem por isso nos tirou a vontade de sermos diferentes. Em parceria com a Movielight, vamos partir para uma verdadeira aventura online, ao qual se juntam duas personalidades carismáticas do desporto automóvel nacional, como é o caso da Diana e do Gonçalo. Esta será a edição mais desafiante de sempre, e tudo faremos para que tudo corra bem nesta transmissão, de forma a aproximar, ainda mais, os ralis do público", explicou o dirigente marinhense.

renatoRenato Pita regressou ao volante do seu Ford Fiesta R2 após a paragem motivado pela Covid-19. 
 
"O objetivo é claro, voltar a ganhar ritmo de competição e começar a preparar um possível regresso em 2021 ao Campeonato da Madeira de Ralis", referiu o piloto. 
 
Para além dos testes possíveis de organizar fazendo cumprir todas as recomendações da DGS, Renato Pita irá para já marcar presença em uma ou duas provas do Campeonato de Portugal de Ralis e se possível numa prova além fronteiras. 
 
Neste primeiro teste, no Aeródromo Vilar de Luz, na Maia, contou com a enorme experiência do consagrado navegador Nuno Rodrigues da Silva que o irá acompanhar neste regresso à competição.