faceralis

 

ANUARIO123

CPR

pascoalsees10Vitor Pascoal é o primeiro líder do Rali Casinos do Algarve, efetuando uma super-especial com muita eficácia que lhe permitiu efectuar o melhor tempo. Miguel Campos e Bernardo Sousa fizeram os dois tempos seguintes, prometendo desde já uma tremenda luta para o a restante prova.

Em termos absolutos, Ricardo Teodósio conseguiu fazer o 4º melhor tempo, sendo com toda a naturalidade o mais rápido entre os VSH do Regional Sul, depois de efectuar uma super-especial de forma verdadeiramente espectacular.

Um dos primeiros desistentes de "peso" desta prova foi Paulo Antunes. Problemas de alternador, que obrigaram o piloto a fazer a super-especial sem faróis, abandonando pouco depois. Mesmo sem este abandono a vida não ia ser fácil para Paulo Antunes. Primeiro porque foi dos três pilotos do Nacional que se enganou na super-especial e em segundo porque o seu C2 estava abaixo do peso regularmentar (todos os carros foram pesados logo após o fim da super-especial).

Aliás, a questão dos enganos na super-especial trouxe grandes problemas à organização, prometendo muita polémica ao longo da prova e depois dela. Só no Regional Sul foi mais de 5 os pilotos que não realizaram o percurso conforme o regulamento.

No Regional Sul destaque também para a desistência de Pedro Leone, que nem sequer chegou a arrancar para a Super-especial, quando viu uma roda do seu Ford Escort saltar.

Sem dúvida que a única forma de o Autódromo de Portimão ter público com automóveis é lá se deslocar um rali. A bancada central estava bem composta de público e o espectáculo até foi de uma forma geral interessante.

oequeestaemdi10Se é certo que o título Absoluto e o de Produção estão entregues no Campeonato de Portugal de Ralis 2010, também é certo que existem muito outros títulos e outras disputas para acompanhar no Rali Casinos do Algarve.

Aquela que deverá ser mais interessante de seguir é a luta pela vitória. Bernardo Sousa e Miguel Campos vão ter oportunidade de medir forças, sem qualquer tipo de pressão, e por isso espera-se um rali muito competitivo. Se Bernardo tem um título a defender, Campos joga a honra. Quem vencerá?

O vice-campeonato também está em dicussão. Vítor Pascoal leva uma boa e importante vantagem sobre Ricardo Moura, pelo que só um grande precalço (com um dos pilotos) poderá alterar o rumo da lógica.

Na Taça Nacional de Ralis do Campeonato de Portugal de Ralis, uma competição que praticamente ninguém fala, Armando Oliveira pode despedir-se dos ralis com um "título". Leva uma vantagem de 6 pontos sobre Paulo Neto, quando uma vitória vale 20 pontos e um segundo lugar 17 pontos.

No Campeonato 2L/2RM Francisco Barros Leite e Paulo Antunes ainda poderão chegar ao vice-título. Mas para isso terão que ganhar à geral nos 2L/2RM. Se nehum o conseguir será Joãoi Ruivo a ficar com este vice-título, depois de Adruzilo Lopes ter conquistado o título em Mortágua.

Muito interessante de seguir será a luta pela chamada F3 (carros até 1.6 litros), um título que em tempos não muito distantes era argumento para diversas marcas de automóveis. Frederico Gomes lidera com um ponto de vantagem para Paulo Antunes (que venceu quatro das cinco provas), tendo seis pontos de vantagem para Ricardo Marques e 10 pontos de vantagem para Armando Oliveira. Vários cenários serão possíveis, mas entre Frederico Gomes e Paulo Antunes estão em melhor posição para garantir esse título.

Refira-se que também o título no Regional Sul está em aberto, bastando a Ricardo Teodósio terminar para o assegurar.

pascoal10algVitor Pascoal chega ao final de mais um Nacional de Ralis com o segundo lugar, em termos absolutos, quase garantido.

O piloto do Politejo Amarante Rally Team vai ao Rali Casinos do Algarve, depois de uma época em que foi muito regular, onde passou por muitas dificuldades para manter o seu projecto activo.

Concentrados em defender o título de Vice-Campeões, Vítor Pascoal e Mário Castro partem para a prova algarvia em vantagem pontual sobre os seus mais directos adversários.

Segundo o piloto de Amarante "embora comecemos o Rali do Algarve em vantagem, sabemos que temos de contar com a forte oposição do Ricardo Moura e António Costa. O nosso principal objectivo para esta prova é o de voltar a trazer o Vice-Campeonato para Amarante, razão pela qual será muito importante não cometermos qualquer erro."

camposalagMiguel Campos vai disputar o Rali Casinos do Algarve não só com a ambição de o ganhar mas também com os olhos postos em 2011.

Aliás, essa é também a ambição de Roberto Mendez, líder máximo da RMC, que tem colocado a correr em Portugal o Fiesta S2000 de Miguel Campos, afirmando que "vamos ao Algarve com o Fiesta a busca de um resultado idêntico ao de Mortágua, mas também com objectivos de preparar a época de 2011 onde a RMC quer continuar apostar no Miguel Campos e no Aloisio Monteiro. No início do ano o objectivo era de conhecer os ralis nacionais e apresentar a RMC ao mercado Portugues este novo ano gostaríamos de colocar a RMC no mais alto lugar da classificação nacional". Afirma Roberto Mendez.

Para Miguel Campos este rali apresenta-se como um teste importantíssimo, para se decidir o próximo ano: "Foi um ano de aprendizagem, pois tanto eu como o Aloisio só tínhamos feito três ralis em 2009, conseguimos em todos os ralis que participamos andar sempre a lutar pela vitória, mesmo com armas diferentes e só veio realçar que estamos no bom ritmo para voltar no próximo ano com objectivos diferentes. Vamos uma vez mais tentar dignificar a imagem da RMC e dos nossos patrocinadores".

Aliviado de qualquer pressão, Aloisio Monteiro apresentasse confiante em mais um bom resultado: "acho que este ano deu para tirar algumas lições, sabemos que o próximo ano é importantíssimo continuar afim de cada vez mais ganharmos ritmo competitivo. Vamos ao Algarve em busca de um resultado que no meu entender pode relançar o projecto de 2011. Gostaria de agradecer a RMC e especialmente ao Roberto e obviamente a todos os nossos patrocinadores".

brevesalagar1Armando Oliveira vai encerrar a temporada de 2010 podendo esta ser mesmo a derradeira prova da sua carreira. " Quero ir para o Algarve tentar limpar o azar de Mortágua pois foi inglório, mas estamos fortes e queremos um bom resultado, porque quem sabe esta não será a última prova da minha carreira!!" afirma Armando Oliveira.

Frederico Gomes não quer falar em qualquer tipo de pressão para o Rali Casinos do Algarve, atendendo ao que ainda pode obter nesta prova, nomeadamente o título na F3 (carros até 1.6 litros) e um pódio no Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM. «Vamos novamente com o objectivo de dar o nosso melhor em linha com aquilo que temos vindo a fazer ao longo da temporada. No final do rali lá estaremos para fazer as contas finais da temporada e se ganharmos o título na F3 tanto melhor» comenta Frederico Gomes adiantando a estratégia de prova dizendo que «vamos tentar entrar logo com um bom ritmo de modo podermos analisar o andamento dos nossos adversários. Em função disso vamos fazendo a gestão da nossa prova ao longo do dia».

Por um azar ou por outro não tem sido fácil a temporada de 2010 para Paulo Neto, mesmo se nas duas mais recentes provas cumpriu com os objectivos que traçou para as mesmas. "Obviamente que também no Rali Casinos do Algarve o mais importante de tudo é terminar, o que não conseguimos em 2009" afirma Paulo Neto, adiantando que "a prova é igual ao ano passado, por isso já temos um conhecimento melhor da mesma, o que nos dá mais confiança para tentar andar um pouco mais depressa. Não queremos apenas terminar, queremos também mostrar um pouco mais a nossa competitividade. Esperamos que não chova, pois tal situação torna esta prova muito complicada e difícil quando se quer andar depressa".

A equipa ARC vai levar para o Algarve um verdadeiro arsenal de campeões de... 2010. Para Ricardo Moura este é um final de época fantástico: "Foi um ano excelente, pois conseguimos alcançar todos os objectivos a que nos propusemos. Vamos uma vez mais tentar dignificar a imagem dos Açores e dos nossos patrocinadores".
Para além de um fabuloso palmarés, Adruzilo Lopes conquistou os últimos três títulos consecutivos com a ARC Sport. O piloto que levou o Renault Clio R3 ao sucesso em 2010, está naturalmente realizado: "Só espero terminar em beleza! Foi uma época fabulosa".
Na Madeira, João Silva mostrou a sua classe e sublinhou as excelentes características do Renault Clio R3 construído pela ARC Sport. O jovem piloto também vai estar entre os campeões no Rallye Casinos do Algarve: "Quero estar ao lado da ARC Sport no final do campeonato. Depois de uma época brilhante na Madeira, espero fazer um bom Rali do Algarve".

RALIS ONLINE TV

ANUÁRIO RALIS ONLINE 2020

Facebook FanBox

RALIS EM PORTUGAL RALIS EM PORTUGAL