faceralis

 

usados

Centro

veigax14Foi em Castelo Branco, no passado fim de semana, que Eduardo Veiga conquistou o seu segundo título de Campeão este ano, nos Ralis. Já tinha ganho o Campeonato do Norte, agora foi a vez do Centro. Isso aconteceu, no Grupo X, no qual o Ford Escort pontua.

No Rali de Castelo Branco, Eduardo Veiga e Justino Reis, o seu habitual Navegador, começaram por conseguir um segundo lugar na Super Especial de sexta-feira. A vitória ficou a pouco mais de 5 décimos de segundo.
No dia seguinte, na estrada, a dupla do Ford Escort, conseguiu a vencer na duas rodas motrizes, no Campeonato do Centro, ao terminar no quarto posto à geral.

"Foi um Rali interessante, mas em que terminar era o nosso principal objetivo. As Provas Especiais eram muito longas, com muitos quilómetros, pelo que houve que 'pensar' nos pneus. Temos sentido algumas dificuldades na sua gestão, pelo que, em Castelo Branco, preferimos não arriscar", confessou Eduardo Veiga que, de seguida, completou.

"Além disso, e porque tinha estado a chover na parta da manhã, havia zonas em que o piso estava molhado, o que poderia ditar uma saída de estrada. Chegamos ao fim, vencemos as duas rodas motrizes e terminámos na quarta posição à geral. Foi um resultado muito positivo, pois deu-nos a vitória em mais um Campeonato. Já tínhamos ganho o do Norte, agora vencemos também o do Centro".

Bem terá de se afirmar que, os objetivos desta época, foram completamente atingidos, com as duas conquistas, no Grupo X, dos dois Campeonatos.

Além de Eduardo Veiga, no Condutores, também Justino Reis, venceu nos Navegadores. Ganharam, assim, os respetivos Campeonatos, no Norte e no Centro. Os dois, em que competiram.

Além disso, e como provam as muitas ovações do público, quando o "skate" (leia-se Ford Escort MK II) passava, foram uma das duplas preferidas pelo muito público, que ladeou as estradas, por onde todos os Ralis passaram.

cabecas14Se o Nacional de Ralis não teve história, o mesmo não se pode dizer do Regional Centro, que foi pleno de emoção e competitividade.

André Cabeças, que já tinha ameaçado noutras provas, veio a Castelo Branco impor-se, num rali em que todos os protagonistas tiveram o seu momento alto.

Carlos Fernandes foi o primeiro líder da prova, posição que perdeu no segundo troço para Cabeças. No entanto o piloto de Sintra viria de novo a saltar para o comando no terceiro troço, para no seguinte voltar a deixar (de forma definitiva) a liderança para André Cabeças. Na luta pela liderança andou também Fernando Teotónio, vencendo a 4ª especial que lhe permitiu subir ao segundo lugar e ficar com a primeira posição a apenas 4,5s.

Porém, na super especial final, André Cabeças voltava a vencer, deixando Teotónio a 9,6s na geral e Carlos Fernandes a 13,5s, com qualquer dos três pilotos a fazer uma grande prova neste rali.

A quarta posição ficou para Eduardo veiga, no Ford Escort, ficando na frente de Luís Mota e Márcio Marreiros.

No Rali dos 50 anos da Escuderia, a luta foi entre dois Citroen Saxo, com João Soares a levara a melhor sobre José Ricardo Marques por 11,3s.

LÍDERES SUCESSIVOS
Carlos Fernandes (Pec 1); André Cabeças (Pec 2); Carlos Fernandes (Pec3); André Cabeças (Pec 4 e 5)

VENCEDORES DE TROÇOS
Carlos Fernandes (2); André Cabeças (2); Fernando Teotónio (1)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
classfregcb14

adamDisputou-se este fim de semana o Rali de Mortágua, mais uma excelente prova organizada pelo Clube Automóvel do Centro e pontuável para o Campeonato Nacional de Ralis e Ralis Centro. Mais uma vez, Filipa Sanguedo e Sofia Mouta realizaram uma prova, que lhes permitiu conquistar mais um bom resultado para as contas do Campeonato de Ralis Centro, principal objetivo da dupla feminina para 2014.

Com uma fase inicial bastante cautelosa, sem correr grandes riscos, foi no segundo dia de prova que a equipa imprimiu um ritmo mais rápido, que lhe permitiu terminar a prova num 10º lugar da classificação geral e 4º entre os pilotos com carros de duas rodas motrizes. Para a piloto de Gondomar, a participação nesta prova foi muito importante.

"Foi a primeira vez que disputei o Rali de Mortágua e com as classificativas bastante sujas, não foi fácil imprimir um ritmo muito forte, optando por um andamento mais cauteloso e sem correr riscos. Para mim é muito importante fazer o máximo de quilómetros em prova, pois só assim consigo acumular mais experiência com o Opel Adam e com as diferentes condições que encontramos em cada rali".

Numa prova que serviu também para preparar o próximo ano, onde a piloto pretende estar à partida do Campeonato Nacional de Ralis, o balanço desta participação é positivo, "a prova correu satisfatoriamente bem, perante uma lista de inscritos muito forte com carros bem mais potentes que o meu. Estou satisfeita, pois consegui imprimir um bom andamento num rali completamente novo para mim. Resta-me agradecer aos meus patrocinadores e à equipa Monteiros Competições pelo apoio que me tem dado", concluiu a piloto à chegada ao pódio.

A equipa patrocinada pela Bompiso, Motorbus, Iveconde, Ofiturbo, Flypremium e Opel Centrum Douro, vai preparar um teste para breve com vista à preparação da próxima prova que se disputa a 17 e 18 de Outubro, em Castelo Branco.

carlosferna14morNo Rali de Mortágua a luta de Carlos Fernandes / Valter Cardoso não foi apenas contra os adversários ou contra o cronómetro, foi também contra o Mitsubishi Lancer que apesar de não ter cedido, nunca esteve em perfeitas condições, pelo que a solução foi dar tudo por tudo.

"Ao contrário da prova anterior, em Mortágua entramos a vencer a super-especial, mas assim que começaram os troços propriamente ditos, vimos que algo não estava bem com o autoblocante, já que as rodas dianteiras patinavam bastante. Acabamos por ser surpreendidos pelos nossos adversários em dois troços, perdendo a liderança da prova", afirma Carlos Fernandes, que reconhece que "no derradeiro troço decidimos atacar tudo por tudo, correndo alguns riscos, mas era a única forma de passar de novo para a liderança e não perder terreno nas contas do Campeonato. Felizmente tudo correu bem e apesar dos problemas o Mitsubishi aguentou até final permitindo de novo vencer e assim dependermos só de nós para alcançar o título".

Depois de saborear mais uma vitória, Carlos Fernandes admite que "foi de novo uma prova muito dura e competitiva. O nível do Campeonato Centro de Ralis é bastante alto e isso reflete-se nos tempos realizados nos troços, que nos dariam para andar entre os cinco mais rápidos do Campeonato Nacional de Ralis!!!. Quero mais uma vez agradecer a todos os parceiros, eni, Kumho Tyres, Pneuvita, X2, Semeca, Montirent, Decomotores, USA Peças e RPM, bem como à equipa técnica a cargo SGP Motorsport. Esta vitória é mais uma vez dedicada a todos eles e ao meu navegador Valter Cardoso que tem feito um excelente trabalho".

oestessantos14Fotos: José Santos (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali do Oeste
Data: 28 e 29 de junho 2014
Site: www.ralisonline.net