faceralis

 

usados

Centro

madeiramjr14Rui Madeira o piloto que este ano comemora 25 anos de carreira estará presente, ao volante do carro zero (será um carro de competição, embora ainda não esteja definido qual) no Rally do Oeste 2014.

"É com enorme satisfação que o Montejunto Rally Clube, anuncia para o Rally do Oeste 2014, aquele que foi um dos melhores pilotos Portugueses de todos os tempos e que foi Campeão do Mundo de Grupo N", pode ler-se no comunicado do clube.

Com esta participação no Rally do Oeste, o piloto de Almada pretende dar continuidade a comemoração dos 25 anos de carreira, repletos de êxitos, não só em Portugal, mas também além fronteiras, onde ainda hoje é lembrado por todos.

Rui Madeira apesar de arredado das competições a já algum tempo regressou este ano em grande forma ao ser o 2º melhor Português no Rally de Portugal 2014 e dessa forma provar que "quem sabe nunca esquece".

Para navegar Rui Madeira o eleito será, nada mais nada menos, que Paulo Fiuza, um dos melhores navegadores da atualidade, que faz equipa com Orlando Terranova na X-Ride, ao volante de um Mini e que este ano alcançou um excelente 5º lugar na geral, no Dakar.

PROVA SPRINT EXTRA

A par do Campeonato de Ralis do Centro o Montejunto Rally Clube, organiza também uma prova extra de Rally Sprint.

A prova começa no dia 28, ás 21h30, com uma super-especial , que será comum a todos os concorrentes , com um extensão de 2.800km, no Cadaval, junto ao Parque fechado no campo da feira do Cadaval. Para a Super-Especial noturna é esperada grande afluência de público a vila do Cadaval.

No Domingo de manhã os concorrentes têm a sua espera os troços do Vilar e Vale-Vilão, com dupla passagem para os concorrentes do CRC, sendo que os concorrentes do Rally Sprint, fazem apenas uma passagem em Vale-Vilão. Para a parte da tarde esta guardado o mítico troço de Montejunto, que durante muitos anos foi parte integrante do Campeonato do Mundo de ralis. O final está previsto para ás 19h30, com a cerimonia de pódio junto ao parque fechado.

Até ao dia da prova a organização vai divulgar zonas espetáculo em formato escrito e vídeo na sua pagina de Facebook e no site: www.rallydooeste.com. Neste site tem também acesso a toda a informação e documentação relativa a esta prova.

oestecartaz14O Rali do Oeste 2014, com data marcada para 28 e 29 de Junho de 2014, têm neste momento já a sua estrutura definida.

Neste ano novos desafios se colocam já que a prova é pontuável para o Campeonato de Ralis Centro, pelo que o Montejunto Rally Clube introduziu algumas novidades. Assim, o rali terá dois dias de prova e três troços, num total de 8 especiais de classificação.

No Sábado dia 28 de Junho, para além das verificações técnicas e documentais irá arrancar o Rali do Oeste 2014, pelas 21:30 com uma Super-Especial na vila do Cadaval com um total de 2,875 km . Domingo dia 29 de Junho, teremos dois troços pela manhã percorridos por duas vezes (Vilar e Vale-Vilão, sendo que o troço de Vilar será estreia absoluta a nível de ralis) e pela tarde teremos três passagens pelo carismático troço de Montejunto.

A par da prova do Campeonato Ralis Centro decorrerá em simultâneo um Rali Sprint que fará a super-especial de Sábado à noite , a primeira passagem pelo troço de Vale-Vilão e duas passagens na parte da tarde por Montejunto ( 1ª e 3ª passagens respectivamente).

Pode neste momento o Montejunto Rally Clube adiantar que o preço das inscrições é o seguinte:
Campeonato Ralis Centro: €375
Rali Sprint: €160

Nos próximos dias o M.R.C conta colocar no site oficial do Rali, o respectivo Regulamento Particular da Prova (aguarda aprovação por parte da FPAK), e outras informações relevantes quer para pilotos quer para o público.

Site oficial: www.rallydooeste.com

trocosoeste14

axgitproj14No passado dia 12 de Abril decorreu a apresentação da Equipa do RPM AC - RPM Auto Collection aos amigos, patrocinadores e imprensa. A Equipa será constituída por Rui Martins/Alexandrino Guimarães, e irá tripular um Citroen AX Gti de 1991 que foi preparado nas oficinas da Antunes Motorsport e concluído no RPM AC.

A equipa de pilotos é conhecida no ambiente dos Automoveis Antigos e Clássicos e nas provas de regularidade e não propriamente nos Ralis Nacionais onde apenas Alexandrino Guimaraes já tem experiência passada. Para Rui Martins será a estreia absoluta.

Este projeto é também um concretizar de um projeto/sonho antigo tendo-se nesta fase conseguido reunir as condições mínimas para apresentar um projeto que, em 2014, terá como principal pilar aprender, ganhar consistência e evoluir, sem quaisquer pretensões à geral.

"A todos os amigos e patrocinadores que se deram ao trabalho de acreditar nesta iniciativa o nosso mais profundo agradecimento", conclui Rui Martins.

Untitled-1

 

 

 

 

 

 

 

veiga14Fui no passado fim de semana alertado para uma alteração dos regulamentos dos Campeonatos Regionais de Ralis, já após a realização da primeira prova do Campeonato de Ralis Norte, que se traduz na impossibilidade de pontuação para o campeonato absoluto das viaturas de grupo X.

Além de pensar ser pouco ético alterar regras quando os campeonatos já tiveram inicio, questiono-me sobre os verdadeiros fundamentos para que tal mudança fosse operada. Será que algum "grande campeão" que tinha programado ganhar as corridas todas se apercebeu que tal poderia não acontecer e, à cautela e com as influências que possivelmente consegue mover decidiu "aconselhar"o legislador na alteração?

A minha questão prende-se com o facto de os carros de grupo X não poderem pontuar no Nacional, não poderem pontuar nos Regionais...afinal correm num Campeonato em que, à partida estão impedidos de serem campeões!! Será por não terem homologação? Só a titulo de curiosidade, não haverá no Nacional situações idênticas? Qual a homologação do Porsche que apareceu em Guimarães para pontuar no Nacional?

Nada me instiga contra os outros carros, apenas gostaria que as leis fossem (como devem ser por definição) gerais e abstratas. Fica a ideia de que por vezes são feitas com um fito específico. O que pensarão os sponsors quando se aperceberem que apoiam um carro que não pode ser campeão de nada? E o público que vê carros que aprecia, que ganham corridas mas depois não podem ser campeões? Será que esta é uma forma de trazermos carros para as corridas, ou estamos a "forçá-los" a ficar na garagem, ou pior, estamos a fomentar as provas "piratas" ?

Um desabafo de quem gostaria de ver muitos carros à partida das provas mas que se apercebe de que certas leis os mantém na garagem, com beneficio de outros.

Com os meus melhores cumprimentos

Eduardo Veiga

fotospenela14alFotos: Alberto Santos (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali de Penela 2014
Data:22 e 23 de março 2014
Site: www.ralisonline.net