faceralis

 

usados

Mundial

Edit

Amount of short articles:

Amount of articles links:

You can order sections with dragging on list bellow:

  • Mundial
Guardar
Cancelar
Reset

ERC

Inscritos Rali de Montel

Image - Inscritos Rali de Montel

Inscritos Rali de Montelongo (ERC) 2020.               &n

Sexta, 25 Setembro 2020 Comente

Eventos

Opel Corsa Rally4 já em

Image - Opel Corsa Rally4 já em

Com o novo Corsa Rally4, a Opel dá início a um novo capítulo de uma bem sucedida História da competi

Quarta, 23 Setembro 2020 Comente

Nacional

Fotos Rallye Südliche We

Image - Fotos Rallye Südliche We

Fotos: MARC HILGER (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)Evento: Rallye Südliche We

Segunda, 26 Fevereiro 2018 Comente

WRC

Pirelli inicia testes do

Image - Pirelli inicia testes do

A Pirelli iniciou hoje, na ilha da Sardenha, em Itália, o seu programa de testes com os novos pneu

Terça, 14 Julho 2020 Comente

Mundial

montelongoInscritos Rali de Montelongo (ERC) 2020.

 

 

 

 

 

 

 

 

montelongoerc2020isn

cosa1Com o novo Corsa Rally4, a Opel dá início a um novo capítulo de uma bem sucedida História da competição automóvel (VER FOTOS).

Corsa Rally4 foi projetado para clientes que pretendam disputar ralis de âmbito nacional e internacional, surgindo na esteira do ADAM R2, modelo com o qual a Opel conquistou quatro títulos europeus de ralis consecutivos da categoria júnior, entre 2015 e 2018. Desde a estreia, em 2014, o ADAM R2 obteve mais de 220 vitórias na sua classe, 530 pódios e 32 títulos em diversos campeonatos nacionais.

O Corsa Rally4 foi desenvolvido segundo o regulamento técnico da categoria "Rally4", a qual substitui a classe "R2". Em vez do motor 'atmosférico' de quatro cilindros que equipava o ADAM R2, o Corsa Rally4 recorre a um extremamente eficiente 1.2 Turbo, a gasolina, com três cilindros. Baseado no motor de produção em série, a versão de ralis conta com uma gestão eletrónica Magneti Marelli, alcançando a potência de 208 cv e 290 Nm de binário máximo. A tração é feita às rodas dianteiras, através de um diferencial autoblocante ajustável, de três vias, e uma caixa sequencial de cinco velocidades. Específica para ralis, a suspensão recorre a molas Eibach e amortecedores Öhlins, sendo totalmente ajustável.

Após vários meses de desenvolvimento, a Opel Motorsport e a PSA Motorsport realizaram, ao longo das últimas semanas, no sul da França, um conjunto adicional de testes, mais exigentes, com o Corsa Rally4. Durante cinco dias, as equipas da Opel e da PSA Motorsport completaram mais de mil quilómetros em estradas de terra e asfalto, sob diferentes condições. Os pilotos Yoann Bonato e Marijan Griebel, encarregados dos testes, ficaram impressionados com o desempenho da nova máquina de competição.

O piloto de testes da Opel Motorsport, Marijan Griebel, deu nota alta: «O Corsa Rally4 é muito fácil de pilotar, reage bem às alterações de afinações e dá imediatamente muita confiança. Com uma distância entre eixos mais longa, o Corsa é mais estável em curvas rápidas do que o ADAM R2, mantendo-se muito ágil. O motor sobrealimentado é ótimo, sentindo-se toda a sua força, especialmente em subidas. Graças ao binário mais elevado e a uma faixa de rotação muito mais ampla, o condutor tem de recorrer menos à caixa de velocidades do que num modelo 'atmosférico' equivalente. A tração também é muito boa. Em resumo, o Corsa Rally4 é um carro de ralis rápido e eficaz. Os testes foram muito produtivos.»

A homologação do Opel Corsa Rally4 está agendada para o próximo dia 1 de dezembro. A produção das unidades destinadas a clientes começa logo depois, abrindo-se as encomendas. «Os nossos clientes poderão contar com um carro de ralis rápido e fiável, à semelhança do ADAM R2», afirma o Diretor da Opel Motorsport, Jörg Schrott. «O Corsa Rally4 foi também desenvolvido levando em conta a necessidade de se obterem os menores custos de utilização possíveis, minimizando-se, assim, as necessidades orçamentais das equipas, e garantindo uma ótima relação preço/performance.» A Opel anunciará em breve o preço do Opel Corsa Rally4.

Numa fase posterior, o Corsa Rally4 irá representar o segundo nível de promoção conjunta entre a Opel e a ADAC na promoção de jovens talentos. A ação iniciar-se-á através da ADAC Opel e-Rally Cup, onde os melhores talentos poderão progredir para o ADAC Opel Rally Junior Team, acedendo ao "cockpit" de um Opel Corsa Rally4. Os pilotos poderão, depois, ambicionar aceder a um exigente programa internacional, no qual poderão continuar a estruturar a sua carreira e desenvolvimento enquanto pilotos.

corsa

LukyanyukJá começou a contagem decrescente para o Rally Fafe Montelongo (2/4 outubro), terceira prova do FIA ERC (European Rally Championship) e a pouco mais de uma semana do arranque pode já dizer-se que está garantida a participação de um plantel de luxo. Os três primeiros classificados do Europeu, Alexey Lukianuk (Citroen C3), Oliver Solberg (VW Polo GTI) e Craig Breen (Hyundai i20) figuram entre os inscritos, aos quais se juntam outros nomes de primeiro plano do Europeu da presente temporada, como Gregoire Munster (Hyundai i20), Emil Lindholm (Skoda Fabia) ou espanhol Efren Llarena (Citroen C3).

A Miko Marczyk (Skoda Fabia) e Dominique Dinkel (Skoda Fabia), outros dos animadores do campeonato, haverá que acrescentar ainda o francês Yoann Bonato (Citroen C3), recente vencedor do Rali Mont Blanc, do Campeonato de França, que é um reconhecido especialista em provas de asfalto e promete ser um dos candidatos à discussão dos primeiros lugares . Ainda por fechar, a lista de inscritos deverá somar quase quatro dezenas de equipas, a maioria estrangeiras.

Entre os pilotos portugueses, o destaque vai para João Barros (Citroen C3), que terá oportunidade de medir forças com os pilotos do segundo campeonato mais importante da FIA nas classificativas de asfalto da região de Fafe e de Vieira do Minho.

Na estreia da região do Minho (Fafe e Vieira do Minho) no Europeu de Ralis, esta edição do "Fafe Montelongo", organizada pelo Demoporto, será ainda pontuável no Campeonato Norte de Ralis e no Campeonato de Portugal de Clássicos de Ralis.

montelongoO Eurosport Events, promotor do FIA European Raly Championship, anunciou que o Rally Fafe Montelongo estará pela primeira vez no ERC, já este ano.

Utilizando as classificativas de asfalto do município de Fafe, na região norte de Portugal, o Rally Fafe Montelongo está definido para receber a terceira ronda da época 2020 do ERC, de 2 a 4 de outubro próximo, depois de receber a aprovação da FIA.

Pontuável também no Campeonato de Portugal de Ralis de Clássicos e no Campeonato Norte de Ralis, o Rally Fafe Montelongo apresenta no seu traçado um misto de classificativas rápidas que alternam curvas fechadas e suaves com algumas zonas onduladas.

O evento terá a sua base em Fafe, uma cidade com uma longa herança e tradição nos ralis. O centro nevrálgico da prova vai ser no Pavilhão Multiusos, com o Parque de Assistência no vizinho Parque da Cidade.

Inclusão no calendário recompensa interesse de longa data

A inclusão do Rally Fafe Montelongo no calendário do ERC 2020 representa o culminar de negociações entre o Eurosport Events e a organização do Rally Fafe Montelongo em torno da possibilidade de incluir a prova no calendário de 2020 como evento adicional e nunca como substituta do Azores Rally, cuja organização acabou, entretanto, por comunicar que a mesma não se realizará este ano.

Jean-Baptiste Ley, coordenador do ERC, disse: "Estamos muito satisfeitos com o interesse e o entusiasmo da equipa organizadora do Rally Fafe Montelongo que resultou na inclusão do evento no FIA European Rally Championship pela primeira vez. A estreita parceria do clube organizador Demoporto com a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting vai colocar em prática todas as medidas, incluindo um rigoroso protocolo COVID-19, para a realização de um evento que cumpra os requisitos especificados pela Eurosport Events e pela FIA. Estamos ansiosos para trabalhar com um parceiro proativo e empenhado em organizar um bom rali. O contrato é de um ano, mas todas as partes estão interessadas em alargar essa parceria para os próximos anos".

Ni Amorim, Presidente da FPAK: "Depois do anúncio do regresso da Fórmula 1 a Portugal, este é mais um momento que me deixa imensamente feliz e, ao mesmo tempo, orgulhoso do espírito empreendedor que nós, portugueses, colocamos em tudo aquilo que acreditamos. A ida para Fafe do ERC será também o fruto do trabalho desenvolvido desde há ano e meio. Estavam reunidas todas as condições e era uma questão de oportunidade. Depois do cancelamento do Azores Rallye é ainda mais importante para nós ter esta prova no Campeonato da Europa de Ralis".

Parcídio Summavielle, vice-presidente da Câmara de Fafe: "Para nós, é um facto extraordinário ter o rali no Europeu. Nunca desistimos de apresentar uma solução para o calendário do ERC. Será muito importante que o público nos ajude, face às circunstâncias que estamos a viver. É indispensável que não haja ajuntamentos e vamos ser muito rigorosos no cumprimento das regras da Direção Geral de Saúde. Precisamos da colaboração do público para que tudo corra bem, não queremos ser um mau exemplo. Eu próprio vou passar nas classificativas antes dos concorrentes e se vir algo mal, não haverá qualquer problema em anulá-las".

Carlos Cruz, presidente do Demoporto e membro da Comissão Organizadora: "O Rali Fafe Montelongo no Campeonato da Europa é o culminar de um desejo antigo que já em 2019 esteve perto de ser concretizado e agora acaba em realidade. É, também, uma mais valia e o reconhecimento às pessoas de Fafe e à sua Câmara, por tudo quanto tem feito em prol dos ralis e da região".

Regulamentos complementares, formulários de inscrição, mapas e todos os outros detalhes estarão disponíveis em breve no site do Rally Fafe Montelongo: https://rallyfafemontelongo.com

 

michelinA Michelin, através da RMC Motorsport, e com a colaboração da Real Federação Espanhola de Automobilismo, oferece aos jovens pilotos a oportunidade de testar um Citroën C3 N5 de quatro rodas motrizes em diversas provas do Campeonato de espanha de ralis.

A Michelin dá início a uma ação de apoio a jovens pilotos de ralis, dando-lhes a oportunidade de testar em competição um veículo com tração às quatro rodas, e progredir, assim, na sua carreira desportiva. Para tal, juntamente com o preparador RMC Motorsport, e com a colaboração da Real Federação Espanhola de Automobilismo, serão selecionados quatro pilotos provenientes da categoria de duas rodas motrizes, que participarão num rali do Campeonato de Espanha ao volante de um Citroën C3 N5 da RMC Motorsport, decorado com as cores da Michelin.

A seleção dos quatro pilotos, três em Espanha e um em Portugal, será realizada com base em critérios que terão em conta a experiência e o progresso dos participantes, assim como a origem na zona geográfica em que se dispute cada prova, ou nas suas proximidades. Cada piloto participará, respetivamente, num dos seguintes ralis, sem ter que assumir custos:

• Rally de Llanes (de 1 a 3 de outubro de 2020)
• Rally RACC Catalunya Costa Dourada (de 22 a 24 de outubro de 2020)
• Rally de la Nucia (de 6 al 8 de novembro de 2020)
• Rali Casinos de Algarve (de 13 a 14 de novembro de 2020)

Equipado com um motor 1.6 Turbo, que transmite os seus 300 cv de potência às quatro rodas através de uma caixa de velocidades sequencial de seis relações, e dotado de suspensão regulável, com amortecedores de quatro vias, o Citroën C3 N5 da RMC Motorsport é o veículo ideal para que os participantes neste programa tomem contacto com um automóvel de competição de alto nível, e deem mostras dos seus dotes de pilotagem e da sua capacidade de evolução.

Os pilotos que pretendam inscrever-se devem dirigir-se à RMC Motorsport (www.rmcmotorsport.es) ou a Álvarez Competición (www.neumaticosalvarez.com), distribuidor exclusivo Michelin.